As ombreiras retornam às passarelas

As ombreiras retornam às passarelas
Print This Article

Direto dos anos 80 as ombreiras retornam às passarelas

Cool, clássico ou despojado a peça é versátil e pode ser combinada com muito estilo, garante a expert Juliana Marangoni

As ombreiras foram destaque em desfiles em Paris e prometem voltar com tudo! O modelo já foi sinônimo de poder, confiança e status tornando-se uma peça chave para pessoas influentes. Esse hit da moda esteve presente em desfiles de alta-costura em três grifes, como a Schiaparelli, Elie e Saab.

A consultora de estilo, Juliana Marangoni, dá dicas para combinar as ombreiras com os diferentes formatos de corpo. “Pessoas que tem o tipo físico triangulo invertido (ombros mais largos do que o quadril) não é indicado usar pois transmite a sensação de que os ombros são maiores ainda tornando mais desproporcional”.

Leia também:
A tendência dos bodies rendados
Dicas de como usar o veludo molhado
Veludo, couro, rendas: no que apostar para os dias frios

Já o corpo triângulo pode usar e abusar dessa tendência, pois a medida do quadril é maior do que a dos ombros, o que traz harmonia à silhueta, garante a expert. “O ideal é acrescentar casacos ou camisas com ombreiras, pois valoriza a simetria do corpo. O formato ampulheta (ombro e quadril na mesma proporção e cintura mais fina) também pode usar a peça sem problema e aproveitar a tendência.

obreiras moda BH Mulher

Pegada retrô com estilo!

Os looks podem ser montados de várias formas, pois as ombreiras estão presentes em casacos, blusas e camisas. O ideal é por baixo optar por uma peça mais sequinha para focar a atenção aos ombros. “Com shorts fica uma produção mais descolada. Já as calças pantalonas trazem simetria ao visual exibindo o volume em ambas as partes”, sugere a consultora.

As ombreiras com correntes e tachas são bem descoladas e traz uma nova bossa ao look, vale apostar para um visual fashionista e cheio de estilo. É possível elaborar look cool, despojado ao sofisticado, o que irá determinar será o tecido da peça, cor e estampa.

Este post é uma contribuição da assessoria da Juliana Marangoni para o Guia BH Mulher

Nota: Ao reproduzir nosso conteúdo, favor informar os créditos e manter os links. Caso algum artigo ou imagem postado aqui em nosso site, que seja de sua autoria e o crédito não esteja determinado, favor entrar em contato pelo acesso no rodapé do site ou no menu acima.

dicas bh

 

 

Veja onde encontrar em Belo Horizonte e cidades vizinhas

  Article "tagged" as:
  Categories: